Onze cruzamentos de Jundiaí – nove na avenida 9 de Julho e dois da rua Mário Borin, na região da Chácara Urbana – contam com tecnologia inovadora de controle de tráfego urbano que auxilia no gerenciamento do trânsito da cidade. O sistema permite que os semáforos façam a adaptação automática e em tempo real dos tempos de verde e vermelho, em determinados cruzamentos, de acordo com a demanda de veículos na via. Com isso, há redução do período de espera e um escoamento mais adequado dos fluxos, durante todo o dia, inclusive nos períodos de pico.

A tecnologia implantada na cidade foi desenvolvida pela empresa austríaca Mizar Swarco, que criou o Urban Traffic Control System (UTOPIA) ainda na década de 80. Esse sistema foi sendo aprimorado nos últimos anos e a versão instalada em Jundiaí é uma das mais modernas. Como explicou o diretor de Trânsito, Mauro Mazzamati, o semáforo adaptativo já existe em grandes capitais como São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Fortaleza e é uma importante ferramenta de gestão, controle e fluidez de tráfego, capaz de gerenciar redes viárias complexas e cruzamentos para que possam lidar com eventos inesperados de trânsito.

O sistema compreende a instalação de detectores no pavimento da via, que permitem a contagem do número de veículos no cruzamento. Essa contagem alimenta um computador central, que foi instalado na Central de Controle Operacional (CCO), no Complexo Fepasa, dotado de um software específico, que faz a leitura das informações. Os dados são decodificados e a central envia ordem para ajuste dos tempos de verde e vermelho, priorizando a via onde o fluxo é mais intenso, de forma a eliminar a fila de carros no cruzamento. Tudo isso é feito automaticamente e em tempo real.

Mauro Mazzamati explica que o objetivo é otimizar a liberação dos fluxos, pois o próprio equipamento tem condições de ajustar seus tempos, de acordo com a necessidade daquele momento, sem intervenção humana. “Esperamos diminuir os atrasos, reduzir as filas e escoar melhor os veículos”, avisa. “Esse tipo de sistema já foi implantado em grandes cidades do mundo, como São Paulo, Nova York e Paris, onde os benefícios nem são tão grandes, pois o trânsito lá já está saturado. Mas aqui em Jundiaí ainda temos reserva de capacidade, por isso os resultados serão melhores”, ressaltou o diretor. Nestas cidades, segundo estudos específicos realizados, o ganho de tempo com o sistema chega em média de 10 a 15%.

Dentre os resultados esperados estão a eliminação dos gargalos viários comuns nos cruzamentos, especialmente nos horários de pico, a redução do tempo de viagem para o motorista e das emissões e consumo de combustível nas áreas urbanas. Esses benefícios virão se somar a outras ações já implantadas na área de trânsito de Jundiaí, no esforço de melhorar a mobilidade urbana no município, que detém hoje umas das maiores frotas de veículos do país. Foram realizados acertos das curvas de concordância para facilitar a ciruculação de carros e ônibus na região central, intensificada a sinalização para fortalecer a segurança, e iniciada obras viárias importantes, como a interligação da Ponte São João com o Centro da cidade, a duplicação da rua José do Patrocínio, criação de novas pontes de acesso, entre outras.

Já implantados

A Secretaria de Transportes já implantou o sistema adaptativo em 11 cruzamentos, que estão funcionando em fase de ajustes: avenida 9 de Julho com as ruas São Lázaro, Professora Ernestina Ribeiro, Eduardo Tomanik, Conrado Augusto Offa, Gregório Paes, Coronel Boaventura Mendes Pereira, Retiro, Abílio Figueiredo e o acesso à ponte em frente ao Hotel Millian. E também nos cruzamentos da rua Mário Borin com Conrado Augusto Offa e Eduardo Tomanik.

Todos estão interligados por meio de sensores que detectam os fluxos veículares, em cada uma das faixas de rolamento. A previsão é que em outubro outros equipamentos semelhantes possam entrar em operação, nos cruzamentos da avenida 9 de Julho com avenida Luiz Latorre, avenida União dos Ferroviários com rua Antonio Segre, avenida União dos Ferroviários com o acesso ao Hipermercado Extra, avenida Antonio Frederico Ozanan com Rodovia Vereador Geraldo Dias e a rua Antonio Segre com avenida Antonio Frederico Ozanan. Numa próxima etapa também deverão ser contemplados cruzamentos da avenida Jundiaí, região Central e ainda na Ponte São João, no entorno do Viaduto Sperandio Pelliciari.

Fonte: Prefeitura de Jundiaí

Anuncie Imóveis

Quer vender seu imóvel em Jundiaí e Região? Não perca mais tempo, cadastre-se gratuitamente e comece a divulgar agora mesmo.

Divulgar Imóvel

Anuncie Empregos

Precisando de funcionários? Agora ficou fácil, anuncie gratuitamente a vaga de emprego que deseja preencher e comece a ver resultados imediatamente.

Divulgar Vagas

Anuncie Serviços

Tem um negócio, loja ou serviço em Jundiaí e Região? Consiga ainda mais clientes divulgando-o gratuitamente no Portal Jundiaí, comece agora mesmo.

Divulgar Serviço
MENU
+

Anuncie Gratuitamente

Imóveis, Vagas de Emprego, Negócios e Serviços. Anuncie Gratuitamente no Portal Jundiaí.

É rápido, é fácil e dá resultado.
Ta esperando o quê?

Anuncie Já!